Símbolos

São três os símbolos que identificam a Academia da Força Aérea: o seu Brasão, o Estandarte e o Hino.

 

 

  BRASÃO  

 

Organização AFA

Escudo: De azul, águia de ouro, bicada, lampassada, sancada e armada de negro, dois livros abertos, de ouro, em chefe.

Divisa: Num listel de branco, sotoposto ao escudo, em letras de estilo elzevir, maiúsculas, de negro: "E NÃO MENOS POR ARMAS QUE POR LETRAS"

Coronel Aeronáutico: É de ouro, constituído por um aro liso com virolas nos bordos superior e inferior, encimado por oito pontas, das quais cinco aparentes. A ponta central e as laterais são encimadas por duas asas de águia estendidas. As pontas intermédias são encimadas por cruzes de Cristo.

Simbologia:

A Águia de Ouro é retirada do símbolo básico da Força Aérea pela função e dignidade da Academia.

Os Dois Livros em Chefe são alusivos à atividade do estudo.

O Coronel Aeronáutico é sinal distintivo privativo da Força Aérea que com ele carateriza todas as suas Unidades e Órgãos.

O azul representa o ar e o espaço, significa o zelo e a lealdade.

O negro simboliza a modéstia.

O ouro simboliza a força, robustez e firmeza.

 

 

  ESTANDARTE  

 

Organização AFA

O estandarte da AFA representa este estabelecimento de ensino em cerimónias militares.

 

 

  HINO  

 
 

Vós sois de Minerva e de Marte

Vós sois no futuro ousadia

Vós sois desta Pátria baluarte

Vós sois a promessa de outro dia!

Mais alto sobe a Cruz de Cristo

Por vós elevada até ao céu

Vós sois o sol rasgando as trevas

Vós sois asas a brilhar nos céus!

Cadetes sempre alerta, escudo imortal!

Cadetes, sois memória, Sol de Portugal!

Cadetes, sempre alerta a voar!

Cadetes, vós sois Portugal do Ar!